Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

Proibição.

Estou proibida...

... de ler os vossos blogs antes de escrever um post no meu!

Recomendação médica (cof!cof!) para tratar a preguicite aguda para escrever e para tratar a desinspiração.

Tenho uma lista de assuntos para escrever posts mas a preguiça mental para organização do texto e depois a coincidência de tema nalguns blogs que leio, acabam por me desincentivar à escrita. É que é aborrecido para quem lê os mesmos blogs andar a ler sobre o mesmo tema numa camada de blogs, principalmente se forem temas do foro feminino...

{#emotions_dlg.blink}

O Silêncio de Pepper.

É verdade. Tenho andado calada, que é como que diz, sem escrever nada no blog. Não é por desinteresse ou falta de tema. E nem sei se é uma fase de desinspiração. Talvez seja mesmo por preguiça mental, por ter que me reorganizar mentalmente, porque as ideias devem ter uma sequência lógica.

 

E a acrescer a tudo isto, montes de coisas para fazer. Mesquinhices mas que são importantes e que levam imenso tempo para fazer. Depois há a exigência de andar sempre a colocar coisas no Moodle e que me fazem perder imenso tempo, nesta escola, e naquela escola sempre a inventar coisas extras para tentar que os meninos ponham os neurónios a funcionar porque eles não estão habituados a receber informação, digerir e, por fim, reproduzir. Não. Ali o método é mesmo o de copiar e decorar.

 

Vou tentar dar mais atenção aqui ao meu bloguezinho... :)))

 

Uma Questão De Perspectivas

Parece que a blogosfera está a atravessar, novamente, uma daquelas fases de desinspiração, de marasmo, de não-sei-que-hei-de escrever. Há alturas em que somos apanhados desprevenidos e entramos numa espécie de limbo "escritural", pairamos sobre um tema mas depois não arranjamos as palavras ideiais para transpor a ideia para um post. E depois ainda há os afazeres profissionais em excesso, a astenia traziada pela primavera (qual primavera?!) e os problemas pessoais que nos fritam a mioleira.

 

Eu estou numa fase de semi-desinspiração. Eu traduzo: escrever até escrevo, mas não sai nada de jeito. E só me apetece é escrever parvoíces que não interessam a ninguém e cenas ridículas para me rir que nem uma estróina.

 

Quando estou numa fase hiper-trabalhosa, a mim dá-me para rir. Daqueles risos que ficam todos a olhar para nós a pensar "aquela pirou da batatinha!". E é isso que me apetece fazer mesmoa agora. Só um momento... (risota). Pronto, já voltei ao normal (?!).

 

 

Andei a vasculhar as minhas imagens para ver se encontrava alguma coisa engraçada, que nos fizesse rir e descomprimir um pouco do stress. Quando os meus olhos se depararam com esta, caí numa gargalhada maluca. Todos pensaram que me tinha dado alguma coisinha má.

 

Aqui está ela. Riam-se um bocadinho, vá.

 

Só podia mesmo sair disto, não?{#emotions_dlg.clown}

Apagão Mental

 

Não me apetece fazer nada. Estou num estado de letargia total. E a desmotivação anda aqui a bater à porta…

Mas isto já não é novidade. Quem me visita diariamente, sabe que ando assim a modos que…

Estou a ficar preocupada. Será da velhice? Estou a ficar esclerosada e nem estou a dar por isso? Será do tempo? O calor esturricou-me os miolos e não sobrou um neurónio para ter uma ideia de jeito? Ou será por me ter armado em “flor de estufa” de há um mês para cá? O frio da estufa deve ter-me congelado as ideias.

Mas parece-me que esta desinspiração anda a afectar muita gente na blogosfera… será um vírus?!? Epá, não me digam que fui apanhada e não dei por isso! Bolas…

 

Até tinha muita coisa para contar mas o meu blog não é totalmente anónimo e posso ferir susceptibilidades.

Podia fazer como muitos e falar sobre a minha família. Mas não, não posso. A minha família não é complicada e não há acontecimentos do outro mundo. Sempre conto aqui umas coisitas da minha mãe, que é quem faz mais gracinhas comigo…

Depois tenho o meu irmão. A esse poderia dedicar um blog inteiro… (um dia destes não escapas!!!)

O meu pai… eh… não há nada de especial também.

Tenho o Bóbi e as suas aventuras caninas. Este cão noutra encarnação deve ter sido ladrão. Depois conto porquê.

Depois vem a secção do N.. Toda a gente sabe que ele está longe de mim… (se alguém souber de um trabalhinho para ele, faxavor contactar a Pessoinha. Temos casa pra pagar e cão para alimentar!)

E o meu Pimentinha que é um must. É o meu fiel amigo, a minha bolinha de pêlo. E pronto! Fiiiiim…

 

Podia falar das minhas amigas mas os nossos encontros são tão fugazes e espaçados que não há nada para contar.

Como podem ver, estou sempre muito sozinha. Com quem é que posso debater ideias? Bem falo com o Bóbi mas ele não deve concordar comigo porque não me liga nenhuma.  :/

A minha vidinha anda tão monótona e triste que deve ser por isso que as ideias não florescem…

 

Aceito sugestões para temas… Senão tenho de me limitar a contar o meu dia-a-dia! :P Depois não se queixem… “Ah e tal a vida dela é tão chatinha que nós nem temos nada para comentar…” Humpf! Obrigadinha, tá?

 

Vou ver se arranjo inspiração para outro lado…

 

Perfeita Desidiota

 

 

É notória a desinspiração que me atravessa a alma e me afecta as ideias. O vazio que a minha vida atravessa, a suspensão em que me encontro, reflecte-se na futilidade dos meus textos. Aos eventuais leitores do meu blog, as minhas desculpas pela perca de tempo.
 
Por todos estes motivos, estou em balanço, em introspecção, à procura da minha veia de “idiota” que é meio caminho andado para recuperar a minha inspiração.
 
Valha-me santa virgulina das ideias proliferantes!